Como saber se tenho câncer de pulmão?

Como saber se tenho câncer de pulmão?

O câncer de pulmão é o mais comum em todo mundo e o de maior mortalidade desde 1985. Cerca de 13% dos casos novos de câncer são deste tipo, e a taxa de mortalidade por câncer de pulmão entre fumantes é cerca de 15 vezes maior do que entre pessoas que nunca fumaram. Já entre ex-fumantes o risco é quatro vezes maior. 

Outros fatores também são um risco para este tipo de câncer, como exposição a poluentes atmosféricos, infecções pulmonares de repetição, doenças pulmonares obstrutivas crônicas e histórico familiar da doença. Há profissões que aumentam o risco de desenvolver a doença, como as que expõem trabalhadores a agentes químicos ou físicos como sílica, metais pesados ou arsênico. Logo, pessoas que trabalham com construção civil, mineração e metalurgia devem redobrar os cuidados com a saúde.

Como prevenir o câncer de pulmão?

Além de deixar de fumar, para prevenir este mal é importante também evitar o tabagismo passivo e buscar usar equipamento de proteção individual em ambientes que contenham agentes químicos e físicos que contribuam para o surgimento da doença. Em caso de histórico familiar, é interessante buscar acompanhamento médico para exames periódicos que permitam um rastreamento, mesmo que não haja sinais ou sintomas. Quanto antes detectado, maior a chance de sobrevida.

Quais as maneiras mais efetivas de detectar a presença do câncer de pulmão?

O raio-X de tórax aliado a uma tomografia computadorizada são recomendados em caso de suspeita de câncer de pulmão, além de serem fundamentais para o diagnóstico. Outros aliados no diagnóstico deste câncer são a broncoscopia para avaliar a árvore traqueobrônquica e permitir a biopsia para verificar eventuais alterações histopatológicas. Em caso de confirmação de suspeita são feitos diversos exames, como biopsias, tomografia de tórax, ressonância magnética, PET-CT, cintilografia óssea, mediastinoscopia, ecobroncoscopia entre outros para verificar o estágio da doença.

Como tratar o câncer de pulmão?

Para o tratamento é necessário atuar segundo o estágio da doença e particularidades histopatológicas, podendo então se fazer cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou uma combinação de mais de uma modalidade de tratamento.

São diferentes tipos de cirurgias e procedimentos que se mostram ideais para cada caso em específico, de acordo com o estágio em que se encontra a doença. Como se trata de um problema de saúde com alta taxa de letalidade, ao receber o diagnóstico de câncer de pulmão é de suma importância ter agilidade e acompanhamento médico constante para decidir os melhores caminhos e aumentar as chances de cura.

Somos um centro especializado em oncologia e podemos orientá-lo da melhor forma possível, na prevenção e tratamento. Marque uma consulta agora mesmo!

WhatsApp chat